Relatorio Webshoppers 28 edicao ebit

Relatório Ecommerce – Webshoppers 28ª edição – 2013

Acesse o relatório completo clicando aqui!

O relatório


O WebShoppers é hoje o relatório mais sólido e respeitado sobre o comércio eletrônico, no qual é analisado a evolução do e-commerce, tendências, estimativas, as mudanças de comportamento e preferências dos e-consumidores, indicando assim para onde o e-commerce caminha e contribuindo para o entendimento e desenvolvimento do setor.

Este relatório é largamente utilizado pelas maiores empresas do país e também do exterior

A E-bit

Inteligência de mercado

Presente no mercado brasileiro desde 2000, a E-bit conquistou destaque no desenvolvimento do comércio eletrônico do país e hoje é reconhecida como a mais respeitada fonte de informações desse segmento. Em 2007 foi integrada ao Buscapé Company.

Pioneirismo

Pioneira em realizar pesquisas com usuários do meio online para analisar e entender hábitos e perfil do e-consumidor. Atualmente, possui mais de 16 milhões de pesquisas coletadas em mais de 21 mil lojas virtuais afiliadas.

Ajuda aos varejistas

Todos os anos gera o relatório Webshoppers, em que as informações extraídas das pesquisas aplicadas são transformadas em valiosas informações que auxiliam os grandes varejistas a entenderem o perfil de seus usuários.

O mercado


 Um pouco do que você verá no relatório

Evolução do faturamento E-commerce (em bilhões)

O ano de 2013 deve terminar com resultados positivos para o comércio eletrônico brasileiro. A previsão é que o setor atinja um faturamento de R$ 28 bilhões, o que representa um crescimento nominal de 25% em relação a 2012.

Categoria de produtos mais vendidos – 2012 (em volume de pedidos)

O ticket médio deste primeiro semestre foi de R$ 359,49 e a categoria de Moda se consolidou de vez:
  • • Moda e Acessórios: 13,7%
  • • Eletrodomésticos: 12,3%
  • • Saúde, beleza e medicamentos: 12,2%
  • • Informática: 9,0%
  • • Livros / Assinaturas Revistas: 8,9%

Tendências

Mobile Commerce

Em Janeiro de 2012, o share em volume transacional do M-Commerce era de 0,8%, passando para 1,3% em junho do mesmo ano. 
Em Janeiro de 2013 já era de 2,5%, em janeiro de 2013, chegando a 3,6%, no mês de junho. O que esperarmos para o fechamento deste ano?

O peso do Frete Grátis

O que mais influencia para a escolha da loja é: a confiança e o preço, com 16%, seguidos de perto pelo frete grátis (14%) e pelo prazo de entrega (13%). 
Em 2012, muitos empresários reduziram a prática do “frete grátis”, a fim de aumentar a rentabilidade. Mas durante o primeiro semestre de 2013, foi possível notar a retomada nas ofertas de frete gratuito, o que mostra claramente que essa política impulsiona as vendas.
Fonte: Ebit – Webshoppers

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>